quinta-feira, 28 de julho de 2011

cancao de amor da primavera

minha musa e uma pequena flor
tudo nela sao flores
os olhos dela sao duas flores vivas,muito vivas
os cabelos,uma cortina de flores,e a boca uma roza sensual
seu sorriso e lindo,maravilhoso,me encoraja a viver
a voz dela e um sussurro calmo e doce,como o mel que ha em sua boca
uma musica com uma suave embriagues que me transporta em seu doce balanco,como num barco ao sabor de aguas tranquilas,que me acalenta mas nao adormece,pelo contrario,esperta
essa beleza me atrai e o perfume me fascina
quando a vejo meus olhos brilham refletindo o brilho que ha nos olhos dela,como espelho da sua beleza
estremeco ao toca-la,ao sentir sua pele
eu me encontro e gosto mais de ser eu mesmo quando estou com ela
o tempo passa mais devagar ao seu lado
como num sonho

Um comentário:

  1. A musa do poeta. bom mesmo.
    esse texto tah vem poetico. bom mesmo. flw.

    ResponderExcluir